| COMO CHEGAR | FAVORITOS | CONTATO | ANUNCIE | TELEFONES ÚTEIS |
NEWSLETTER
   

06/03/2013 10:35:40


Invasão de área particular vai parar na Justiça em Bragança Paulista

Por: g1.globo.com

Cerca de 160 famílias que vivem em um terreno invadido no bairro Jardim Nogueira, em Bragança Paulista, há um ano e três meses vivem um impasse. Elas aguardam uma decisão da Justiça que podem culminar com a saída delas do local. A área, de 74 mil metros quadrados, foi dividida em quatro ruas e 230 lotes. “Por também ser um lugar na época abandonado muitos caminhões vinham jogar entulho, então aqui tem muita gente necessitada “, disse o líder comunitário, Carlos Alexandre.

Ainda de acordo com o líder, existe uma negociação com o dono do terreno para manter as famílias no local. "Ele passou para nós, que, de graça ele não vai dar para ninguém. Ele também não tem interesse de tirar a nossa comunidade e nós queremos pagar dentro da possibilidade que cabe no bolso de um pai de família", explicou.

Em contrapartida a família proprietária da área diz que não existe uma negociação e a intenção é que o terreno seja desocupado para a criação de um loteamento. “Nada impede que se eles pudessem sair de lá, a gente tocasse um loteamento e assim que tivesse toda a infraestrutura pronta a gente vendesse o loteamento para eles“, afirmou Marcio Nogueira.

A Justiça analisa duas ações contra a ocupação no local, pelo fato da presença dos moradores ser ilegal na área. Uma delas seria a reintegração de posse, e a outra, chamada de demolitória, que derrubaria das construções já erguidas, porém, nenhum processo foi julgado até o momento.

Segundo a prefeitura, as famílias do Jardim Nogueira precisam fazer um cadastro para concorrer às casas populares. “O que a prefeitura pode fazer, ela oferece o cadastro da habitação social e elas podem se cadastrar. Só dessa maneira legal que a prefeitura pode oferecer“, explicou o secretário de Planejamento, Adriano Cesila.

Ainda segundo informações do chefe da pasta a atual administração espera construir 1.500 casas durante a gestão, já que existe um déficit de 8 mil moradias no município. Atualmente, são 188 loteamentos irregulares na cidade, sendo 10 deles de caráter social com famílias de baixa renda, o que totaliza cerca de 700 famílias.

 

http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2013/03/invasao-de-area-particular-vai-parar-na-justica-em-braganca-paulista.html

 

 

Compartilhe este texto:

|

 

COMENTAR >>

Os comentários e textos assinados por colaboradores ou assessorias de imprensa não refletem, necessariamente, a opinião do portal www.atibaia.com.br. Todas as informações são de integral responsabilidade de seus autores.

 

publicidade

publicidade

Busca de notícias:

 

Banco de Empregos
Total de vagas: 484

 

publicidade

últimas notícias

:: Sebrae-SP lançará projeto Empreender em Atibaia
24/04/2014 11:59:42

:: Artigo: Precisa-se de profissionais multitarefas
24/04/2014 11:40:13

:: Coluna do Colaborador: Vacinação dos idosos começa em maio
24/04/2014 11:01:32

:: Coluna do Colaborador: Dicas para o correto dimensionamento da instalação elétrica do imóvel
24/04/2014 10:58:23

:: Procura-se envelope com documentos
24/04/2014 10:52:23


Inscrições para cursos gratuitos de qualificação estão abertas
691 visitas
Escolas Municipais de Atibaia sofrem com falta de merenda escolar
609 visitas
Homem de 33 anos é morto a facadas no Recreio do Estoril em Atibaia
512 visitas
Ocupação cultural da Praça da Matriz é o próximo projeto do 1º Ocupa Atibaia
361 visitas
Coluna do Colaborador: O despertar de Lukas Lampros (1925-2014)
337 visitas

publicidade