| COMO CHEGAR | FAVORITOS | CONTATO | ANUNCIE | TELEFONES ÚTEIS |
NEWSLETTER
   

05/12/2017


Atibaia terá roda de conversa sobre violência contra a mulher nesta quarta-feira (6)

De 20 de novembro a 10 de dezembro acontece no mundo todo a campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”. Em Atibaia, será realizada nesta quarta-feira, dia 6 de dezembro, uma roda de conversa sobre o tema. O encontro ocorre no Centro de Formação Profissional II (Av. Dr. Joviano Alvim, nº 112, Alvinópolis), das 14h às 16h.

O evento começará às 14h com apresentação da violeira Ruth Rubbo, terá uma hora de conversa com as assistentes sociais Gabriela Antonio e Suelen Morais, do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e terminará às 16h com coffee break. A roda de conversa sobre violência de gênero e doméstica é destinada a mulheres atendidas pelo Centro de Referência da Mulher (CRM), pelo programa Bem Estar Mulher e pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Atibaia.

Segundo a Coordenadoria Especial da Mulher, no debate serão abordadas questões importantes, como o reconhecimento das diversas formas de violência de gênero e doméstica e as diferentes estratégias a serem utilizadas pela população e pela Administração Pública para reduzir o número de violência e possibilitar uma sociedade livre de opressão e exploração.

Os 16 dias

A campanha dos 16 dias de ativismo mundial pelo fim da violência contra as mulheres foi criada por 23 mulheres em 1991, com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo. As participantes escolheram um período de significativas datas históricas, como o Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher, comemorado em 25 de novembro, e o Dia Internacional dos Direitos Humanos, comemorado em 10 de dezembro. Atualmente, cerca de 130 países promovem a campanha, convidando toda a sociedade e o governo a tomarem atitudes contra a violação dos direitos das mulheres.

No Brasil, a data de combate à violência contra a mulher foi antecipada para o dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, pelo reconhecimento histórico da opressão e discriminação contra a população negra e, especialmente, pelo combate à opressão de gênero, raça e classe social contra as mulheres negras brasileiras. Assim, a campanha no país dura 21 dias. O lema da campanha no Brasil é “Uma vida sem violência é um direito das mulheres. Comprometa-se. Tome uma atitude. Exija seus direitos”.

Leia mais:

Mulher é morta com tiro no pescoço em Bragança Paulista
Programa Mulheres de Peito estará em Bom Jesus dos Perdões de 8 a 27 de janeiro
Mulher que matou namorada a facadas em lava-rápido é presa em Jarinu
Mulher é morta pela namorada dentro de lava-rápido em Jarinu
Mulher fica gravemente ferida em acidente na rodovia Fernão Dias

 

Compartilhe este texto:

|

 

COMENTAR >>

Os comentários e textos assinados por colaboradores ou assessorias de imprensa não refletem, necessariamente, a opinião do portal www.atibaia.com.br. Todas as informações são de integral responsabilidade de seus autores.

 

publicidade